Depois de ter um Android, você não vai precisar de um iOS!

Em dezembro, comprei um MacBook Pro, rodando com o mais recente processador da Apple, e me surpreendi com a qualidade do laptop e do OS X Mountain Lion. Já trabalhei com um Mac antes, mas posso dizer que agora a experiência de usuário se tornou completa. Esta prática me fez querer fazer um teste completo com os dispositivos da Apple, assim, resolvi pegar o iPhone 5 que estava dando sopa aqui no escritório do AndroidPIT, deixar meu Android de lado por dez dias e ver o que o iPhone tem para oferecer! Mas já adianto, depois de ter um smartphone Android, dificilmente você vai querer um iOS!

Entre um smartphone Android e iOS, sempre vou optar pelo Android mais recente! © AndroidPIT

Há algum tempo, um membro da nossa comunidade me perguntou qual é o meu smartphone, essa é uma pergunta difícil de responder, pois semanalmente utilizo diferentes dispositivos aqui no escritório, mas para fazer uma comparação com o iPhone 5 (iOS 6) optei pelo meu bom e velho companheiro HTC Desire HD (Android 2.3) e pelo Galaxy S3 (Android 4.1.2).

Interface do usuário

Quando fiz a mudança para o iPhone, a primeira coisa que me chamou a atenção foi a ausência de um lançador de aplicativos e de widgets. Aliás, para utilizar um iPhone, não precisa ser muito criativo, pois no quesito personalização, um Android exige muito mais do proprietário e oferece mais possibilidades – a exemplos das diferentes ROMs disponíveis ou mesmo as diferentes interfaces de usuário das fabricantes (Touchwiz da Samsung, HTC Sense ou Timescape da Sony).

Design

O botão “voltar” simplesmente não existe e tive que me reeducar a procurar a seta que indicava “retornar para a página anterior”, normalmente posicionada na parte superior do aplicativo, o que dificulta utilizar o aparelho com uma mão, mesmo com uma tela de 4 polegadas. No HTC Desire, que possui uma tela de 4.3 polegadas, o processo é bem mais ágil.

Sem contar que a estrutura de alumínio do iPhone deixa o manuseio do aparelho muito inseguro… ou seria o preço? O plástico que envolve o GS3 nunca deixou esta impressão e o fato de conter um botão fisico para a ação de “voltar” faz com que o usuário nem sinta as 4.8 polegadas do display.

Eis os participantes: Samsung Galaxy S3, HTC Desire HD e iPhone 5. © AndroidPIT

Teclado

Falando em tamanho de tela, depois de utilizar um smartphone com mais de 4 polegadas e a possibilidade de utilizar diferentes teclados, como acontece com smartphones que rodam com o sistema operacional da Google, digitar uma mensagem no iPhone é irritante. Meus dedos são finos e considero minha habilidade de teclar muito boa, mas a tela do iPhone 5 foi uma afronta aos nervos, especialmente porque o display é comprido e fino.

Barra de notificações

Os atalhos na barra de notificações parecem não fazer parte da pauta dos desenvolvedores da Apple, aliás, o que existe de funcional no MacBook Pro não significa, necessariamente, que será mantido como ideologia da marca Apple. Assim, em vez de atalhos para ativar/desativar Wi-Fi, informar updates de aplicativos, transferência de dados, receber notificações de e-mail ou redes sociais e verificar os aplicativos recém acessados, você encontra horário, temperatura, informações sobre a bolsa de valores e a possibilidade de enviar tweets (este último é uma boa vantagem, mas no Android existem widgets para isso).

Imagem

Para jogos, a tela de retina do iPhone 5 é o sonho de qualquer gamer, a qualidade da imagem é impecável, mas não é exclusividade da Apple, pois o GS3 da Samsung oferece uma ótima experiência de imagem, em uma tela maior. O mesmo em termos de de processamento de dados, ambas as CPUs oferecem um performance e desempenho acima da média.

A captura de vídeos e a câmera para fotos acabam sendo similares e, como já realizamos uma comparação entre às câmeras do GS3 e do iPhone 5 aqui no AndroidPIT, vou apenas dizer que ambas são excelente, porém, o Android 4.2 oferece o recurso Photo Sphere (acessível após download do Android 4.2 Transformation Pack).

Google Play Store x App Store

Por fim, o que mais me faz optar pelo Android em detrimento ao iOS é o fato de que não preciso pagar para utilizar pelos mesmos Apps! Quase tudo é pago na App Store e, por favor, não me venham com a desculpa de que “quem tem um iPhone pode”, pois me parece mais estupidez do que “quem tem um iPhone pode”. Por acaso o fato de ter um smartphone Android é sinônimo de pagar menos em um restaurante, por um carro ou por um Louboutin? Não.

Depois do Android, ter iOS é complicado!

Confesso que me frustrei com o iPhone 5, pois toda a minha experiência com o MacBook Pro prometia que este smartphone seria outro grande produto da Apple. Começo a questionar se está comparação – Android x iOS – ainda é tão importante quanto há 2 meses, pois depois da apresentação de sistemas como o BlackBerry 10 e o Windows 8 para smartphones, me parece mais relevante tais comparações.

Assim, Pessoal, depois de ter um smartphone Android, dificilmente vou querer um iOS. É fato que nestes dez dias com o iPhone, também quebrei alguns tabus, pois sim, dá para utilizar Dropbox, Youtube e Google Mapas no iOS… e a Apple também atualiza o sistema operacional para corrigir erros.

Ah… mesmo com as limitações do meu HTC Desire HD, existe uma coisa que eu não consigo mais abrir mão quando o assunto é um dispositivo móvel, a possibilidade de ter o mesmo aparelho, mas completamente diferente da maioria.

 

 

Fonte: http://www.androidpit.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: