Como instalar um water cooler no computador [vídeo]

Aprenda  a instalar de forma correta um sistema de refrigeração a líquido e mantenha o  seu PC gelado.

 

Os sistemas de refrigeração a líquido, também conhecidos como “water coolers” ou “coolers de água”, são recomendados para computadores em que a ventilação do  gabinete não é adequada o suficiente e, principalmente, para consumidores que  adquiriram PCs com configurações de alto nível – apresentando processadores e  placas de vídeo de última geração.

Esse tipo de componente é essencial para máquinas que estejam sofrendo com a  temperatura elevada de seus componentes. Há ainda outros benefícios além da  amenização do calor, como a redução do nível de ruído, o prolongamento da vida  útil da CPU, a diminuição do carregamento de poeira para dentro do gabinete e a  execução de tarefas com maior eficiência.

Para saber como esses sistemas de refrigeração a líquido funcionam, você pode  conferir este artigo. Embora ainda sejam um pouco caros no Brasil, os  water coolers começam a ter seus preços reduzidos e a se popularizar. Por isso,  você deve estar preparado para instalar tais dispositivos no seu computador.  Neste tutorial, vamos ensinar como fazer isso.

Preparativos

Para a instalação do sistema de refrigeração a líquido, você precisa remover  a placa-mãe. Além disso, para facilitar a correta implementação do cooler de  água, é indicado que você também remova dela todos os componentes possíveis – como memória RAM e, obviamente, o processador.

Aproveite para limpar os componentes e gabinete do seu PC. (Fonte  da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Assim, a manipulação da placa-mãe e dos dispositivos que compõem o  equipamento de resfriamento acontece de maneira mais confortável. Clique aqui para conferir o nosso tutorial de como  desmontar o seu computador.

Dica: já que você está com o PC aberto e os componentes  separados, aproveite para realizar uma limpeza geral da máquina. Para realizar  essa faxina sem medo, não deixe de ler este artigo.

Ressalva

Para a elaboração deste guia, nós utilizamos o water cooler Corsair Hydro Series H60. É possível que uma ou outra ação  específica possa variar para outros modelos e marcas. Por isso, é  importantíssimo que você leia o manual do equipamento que você comprou, para  verificar se ele não possui algo de extraordinário, antes de iniciar qualquer  passo descrito aqui.

Procedimento de instalação

O processo de instalação de um sistema de refrigeração a líquido possui  algumas discrepâncias entre CPUs da Intel e da AMD. Devido a isso, segmentamos o  procedimento em dois tópicos, um para cada plataforma. Finalmente chegou a hora  de colocar a mão nos componentes.

Intel

Passo 1. Após remover e limpar o processador, insira o  componente novamente em seu lugar na placa-mãe. Caso você não o tenha removido,  passe para o próximo passo.

Passo 2. Encaixe o suporte que fica na parte inferior da  placa-mãe e fixe-o com os parafusos de duas pontas.

Encaixe o suporte que fica na parte inferior da placa-mãe e fixe-o  com os parafusos de duas pontas. (Fonte da imagem:  Baixaki/Tecmundo)

Passo 3. Coloque e fixe a placa-mãe novamente no gabinete.  Se você não a retirou, avance para o passo seguinte.

Passo 4. Fixe o radiador e a ventoinha externa na entrada de  ar do gabinete com os parafusos mais longos. Essa dupla é responsável pelo  resfriamento do fluido que é enviado para o dissipador.

Passo 5. Em seguida, remova a proteção plástica (caso  exista) do dissipador do water cooler e o encaixe sobre a CPU. Verifique se o  dispositivo que você comprou já possui pasta térmica embaixo do dissipador. Caso  contrário, é essencial que você aplique esse componente. Clique aqui para aprender como proceder.

Passo 6. Fixe o dissipador à CPU com os parafusos de rosca.  Nesse procedimento, é sugerido que você aperte os fixadores de maneira cruzada,  formando um X – como ilustra a imagem abaixo.

(Fonte da imagem: Reprodução/Manual do Corsair  Hydro Series H60)

Passo 7. Conecte o cabo de energia do dissipador no conector  de alimentação denominado “CPU-Fan” da placa-mãe.

Passo 8. Por fim, conecte o cabo de energia da ventoinha em  um dos conectores de alimentação de quatro pinos restantes da placa-mãe – como o “Fan_0”, “Fan_1” ou “Sys_Fan”.

Passo 9. Monte novamente os componentes retirados da  placa-mãe e do gabinete.

AMD

Passo 1. Após remover e limpar o processador, insira o  componente novamente em seu lugar na placa-mãe. Caso você não o tenha removido,  passe para o próximo passo.

Passo 2. Coloque e fixe a placa-mãe novamente no gabinete.  Se você não a retirou, avance para o passo seguinte.

Passo 3. Fixe o radiador e a ventoinha externa na entrada de  ar do gabinete com os parafusos mais longos. Essa dupla é responsável pelo  resfriamento do fluido que é enviado para o dissipador.

Fixe o radiador e a ventoinha externa na entrada de ar do gabinete.  (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Passo 4. Verifique se os encaixes do dissipador são  compatíveis com a CPU da AMD. Caso contrário, você deve desparafusar e remover o  suporte que oferece quatro pontos de apoio.

Passo 5. Posteriormente, encaixe e parafuse (com os mesmos  parafusos removidos no passo anterior) o suporte com apenas dois pontos de  apoio.

Passo 6. Encaixe o dissipador do water cooler sobre o  processador e fixe-o com os parafusos de rosca. Esse procedimento exige um pouco  mais de atenção, pois em alguns modelos de “cooler de água” é preciso usar um  parafuso com formato de gancho, que é inserido de baixo para cima no ponto de  apoio do dissipador, para que o parafuso de rosca possa ser fixado. Esse “gancho” deve ser prendido na base do suporte da placa-mãe para a CPU.

Passo 7. Conecte o cabo de energia do dissipador no conector  de alimentação denominado “CPU-Fan” da placa-mãe.

Passo 8. Por fim, conecte o cabo de energia da ventoinha em  um dos conectores de alimentação de quatro pinos restantes da placa-mãe – como o “Fan_0”, “Fan_1” ou “Sys_Fan”.

Passo 9. Monte novamente os componentes retirados da  placa-mãe e do gabinete.

Será que funciona?

Para averiguar se o water cooler realmente pode fazer a diferença no  computador, nós realizamos um teste. A configuração da máquina usada para a  experiência foi a seguinte:

  • Processador: Intel Core i7-920 com 2,67 GHz;
  • Memória RAM: 6 GB;
  • Placa de vídeo: ATI Radeon HD 5800;
  • Disco de armazenamento: 320 GB;
  • Sistema operacional: Windows 7 Ultimate de 64-bits.

(Fonte da imagem: Divulgação/Electronic Arts)

Nós rodamos o game Battlefield 3 (um dos jogos mais pesados da atualidade)  e monitoramos a temperatura do processador (o componente mais exigido nesse tipo  de atividade) por meio do aplicativo HWMonitor. Após a instalação do sistema de refrigeração a  líquido, voltamos a realizar esse mesmo procedimento. Confira abaixo o resultado  alcançado:

Cooler normal

  • Temperatura máxima da CPU: 100 °C

Water cooler

  • Temperatura máxima da CPU: 55 °C

O processador atingiu no máximo 55 °C após a instalação do water  cooler. (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Além da impressionante diminuição da temperatura, outra característica  facilmente percebida é a redução dos ruídos. Sem dúvida, a utilização de um  cooler de água é capaz de deixar a sua máquina mais silenciosa. Os barulhos  emitidos pelo PC ficarão restritos à ventoinha da fonte e da placa de vídeo, em  alguns casos.

Essa drástica queda de temperatura ainda promoveu melhorias no desempenho e  na jogabilidade do Battlefield 3. Os pequenos travamentos que estávamos  acostumados a ver durante a transição rápida de cenas sumiram.

Além disso, a circulação de ar dentro do gabinete é bem menor, o que em  teoria deve reduzir o acúmulo de poeira dentro do computador. Enfim, o water  cooler apresentou melhorias significativas, os quais provam o seu ótimo  custo-benefício – já que é possível encontrar modelos desse tipo de equipamento  por valores bem próximos ao de um cooler convencional de boa qualidade (entre R$  80 e R$ 120 a mais).

Leia mais em:  http://www.tecmundo.com.br/tutorial/26982-como-instalar-um-water-cooler-no-computador-video-.htm#ixzz21uuhDd00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: