Guto Campos e a vitória na Copa Pódio: “Não tenho pé de bailarina, não bato no pé”

Guto Campos e a vitória na Copa Pódio: “Tenho pé de bailarina, não bato no pé”

Copa Podio superluta entre Guto Campos vs Abi-Rihan por Gustavo Aragao

A superluta entre Guto Campos vs Raphael Abi-Rihan teve um desfecho eletrizante. Foto por Gustavo Aragão/GRACIEMAG

O superdesafio da Copa Pódio foi um dos pontos altos do evento do último sábado, graças à exibição de dois atletas técnicos e destemidos.

O gaúcho Guto Campos (Guetho) e o carioca Raphael Abi-Rihan disputaram um duelo eletrizante, que terminou com a vitória de Guto, com Abi no médico e com os torcedores com os olhos arregalados.

Jogando por cima, o passador Abi-Rihan arrochou o pé de Guto e vencia por uma vantagem, quando a guarda-arapuca do gaúcho disparou, restando menos de dois minutos no cronômetro

Abi-Rihan resistiu ao golpe e disse não ter sentido o cotovelo quebrar, mas um árbitro lateral sinalizou o braço machucado e pediu a interrupção da luta.

O médico do evento então foi chamado, e verificou que o braço não estava quebrado, apesar de avariado, e a luta então continuou.

“Como era uma superluta valendo dinheiro entre dois faixas-pretas cascudos, optei por deixar a luta continuar, como era desejo do Abi-Rihan”, explicou o diretor de arbitragem Muzio de Angelis. “Dei 2 pontos para o Guto pelo golpe encaixado e o duelo prosseguiu. Mas o Abi não tinha já tantas condições, tentou com um braço só e o Guto foi muito nobre ali, esperou apenas o tempo passar sem atacá-lo”,

A luta voltou no meio do tatame, em pé. Guto Campos então apenas adminstrou até o fim, puxando para a guarda. Num último lance para eletrizar o povo ainda mais, Abi ainda tentou uma chave de pé com um braço só, mas nada feito.

“Tenho pé de bailarina, não bato no pé não”, vibrou o vencedor. Placar oficial: 2 a 0 Guto, com mais um lutaço clássico para a saga do Jiu-Jitsu.

Já Abi-Rihan deve passar por tratamento médico que pode envolver até procedimento cirúrgico.

“Na próxima será melhor. Estou bem, sendo medicado. Meu braço está imobilizado e aguardando a decisão dos médicos. Valeu a todos pelo incentivo”, disse Raphael.

viaGuto Campos e a vitória na Copa Pódio: “Não tenho pé de bailarina, não bato no pé” | GRACIEMAG.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: